A empregada que não tem pelos…

A D. Eugénia contratou uma criada lá para casa, com uns bonitos cabelos loiros. Logo na primeira manhã, a rapariga tira o cabelo e diz “Eu uso peruca, porque eu nasci totalmente sem pelos. Não tenho um único pelo, nem aqui em baixo…”

Nessa noite, a D. Eugénia conta ao seu marido o que a empregada lhe disse… Ele diz-lhe: – – Nunca vi uma coisa dessas! Por favor, amanhã, pede-lhe para ir ao quarto para te mostrar. Eu escondo-me no guarda-roupa, para poder dar uma olhadela.
A esposa ficou um pouco reticente mas após insistência do marido ela aceitou. No dia seguinte, ela pede à rapariga para lhe mostrar. Vão as duas para o quarto. A rapariga deespe-se e mostra-lhe. Depois a rapariga diz à senhora:
– Eu nunca vi uma “coísa” com pelos, pode mostrar-me a sua?
Então a patroa tira as suas roupas e mostra-lhe…
Nessa noite, a D. Eugénia diz ao seu marido:
– Espero que estejas satisfeito, porque eu senti algum embaraço quando ela me pediu para mostrar as minhas ‘partes’…
Então o marido responde-lhe:
– Achas que ficaste embaraçada… Então e eu que tinha os meus amigos do bar comigo no guarda-roupa…